• 11. 2022 5022 | 11. 2539-9123
  • R. Jarinú, 269 - Tatuapé - São Paulo, SP
  • Envie um e-mail

Como registrar uma patente? Siga os passos deste artigo

Desenvolveu um produto inovador, mas não sabe como registrar uma patente? Então está na hora de descobrir.

Saiba que é preciso seguir alguns passos para ter uma patente registrada e assim ter a garantia legal de exclusividade de uso.

Para saber mais sobre patente e como fazer seu registro, continue acompanhando este artigo.
Patente: Entenda o que é

Patente é uma concessão pública, conferida pelo estado, de um título de propriedade temporária de criações de produtos, ferramentas, equipamentos ou métodos.

A patente garante que o criador possa explorar sua criação para que o direito de exclusividade fique com ele.

Dessa forma se previne que outras pessoas fabriquem, vendam ou usem a invenção, mas, para patentear, é preciso que seja um projeto e não apenas uma ideia.

Portanto, uma patente nada mais é que um registro oficial para que o criador da invenção possa continuar com o projeto e suas pesquisas de forma segura.
O que pode ser patenteado?

Já pensou no que pode ser patenteado? Pois, saiba que quase toda invenção pode ser patenteada.

Ou seja, existem algumas ideias que não podem ser patenteadas, segundo o INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), sendo:

    Técnicas cirúrgicas ou terapêuticas aplicadas sobre o corpo humano ou animal;
    Planos, esquemas ou técnicas comerciais de cálculos, de financiamento, de crédito, de sorteio, de especulação e propaganda;
    Planos de assistência médica, de seguros, esquema de descontos em lojas e também os métodos de ensino, regras de jogo, plantas de arquitetura;
    Obras de arte, músicas, livros e filmes, assim como apresentações de informações, tais como cartazes e etiquetas com o retrato do dono;
    Ideias abstratas, descobertas científicas, métodos matemáticos ou inventos que não possam ser industrializados;
    Todo ou parte de seres vivos naturais e materiais biológicos encontrados na natureza, ou ainda que dela isolados, inclusive o genoma ou germoplasma de qualquer ser vivo natural e os processos biológicos naturais.

Para saber mais sobre este assunto, confira o site do INPI.
Como registrar uma patente?

Para registrar uma patente, primeiro é preciso fazer uma busca para verificar se a invenção já existe no banco de dados de patentes.

Dessa forma se evita fazer o pedido de uma patente já existente, portanto, busque um profissional jurídico para que o mesmo faça essa consulta.

Averiguado isto, para prosseguir com o processo é preciso que um pedido de registro seja feito ao INPI.

Logo, devem ser apresentados os seguintes documentos: requerimento, relatório descritivo, quadro reivindicatório, desenhos (caso tenha), resumo e comprovante de pagamento da Guia de Recolhimento da União – GRU.

O valor para registro de patente pode variar de acordo com a solicitação e enquadramento do requerente.

Verifique no site do INPI a tabela de taxas na resolução 190/2017.

Por último e não menos importante, a validade de um registro de patente é de 20 anos e não pode ser prorrogado.

Portanto, se você tem alguma invenção e quer patenteá-la, basta seguir os passos acima.

Fonte: JornalContabil | 05/07/2019

Últimas Publicações

  • Associações | Atividades sociais, de representação ou de defesa de interesses comuns

    As associações são constituídas pela união de pessoas que se organizem para fins não econômicos, observando-se que não há, entre os associados, direitos e obrigações recíprocas. Ou seja, as associações são pessoas jurídicas de direito privado através da qual, pessoas se congregam objetivando realizar determ.. (continue lendo)

  • Formação de Preços | Constitui-se num dos grandes desafios para as pequenas empresas

    Dentre as inúmeras decisões a serem realizadas por uma empresa, a precificação de seus produtos encontra-se entre as mais importantes e carentes de subsídios. Convivemos com clientes muito mais exigentes em qualidades e com preços competitivos. A tarefa de manter e atrair clientes se constituem nos grandes desafios para qualquer empresa que pretenda atingir seus objetivos orga.. (continue lendo)

  • Empresa Familiar | O processo de sucessão e/ou oportunidade para a profissionalização

    As empresas familiares, independentemente do seu porte, inclusive as micro e pequenas empresas, possuem uma importância significativa no desenvolvimento econômico e social do nosso país. Para sobreviverem elas necessitam de uma boa estrutura organizacional e contar com familiares que estejam interessados em participar do seu desenvolvimento.

    continue lendo)

  • DITR 2019 | Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural

    Por meio da Instrução Normativa RFB 1902, de 2019, estabeleceram-se as normas e procedimentos para a apresentação da Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) referente ao exercício de 2019.

    continue lendo)

  • PCMSO | Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

    Todos os empregadores e as instituições que admitam trabalhadores como empregados estão obrigados a elaborar e implementar o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), que tem por finalidade a promoção e preservação da saúde do conjunto de seus trabalhadores, observando parâmetros mínimos e diretrizes gerais est.. (continue lendo)

  • Concessão de Créditos | Análise de risco na concessão de crédito

    Os riscos na concessão de créditos estão presentes no dia a dia da maioria das empresas, principalmente para aquelas que têm como objetivo maximizar seus lucros, no mais alto grau possível. Para isso, seus gestores, além de adotar políticas de otimização da alocação de recursos, redução de custos e incrementos de produtivida.. (continue lendo)

  • Capital de Giro - Dá vida à organização e faz fluir os seus processos

    Também conhecido como Capital Circulante, o Capital de Giro representa em média, boa parte do total de ativos de uma empresa. Ele dá vida à organização, faz fluir seus processos de compra e venda e está diretamente associado às fontes de recursos, das quais a empresa necessita para financiar seu crescimento.

    continue lendo)

Desenvolvido por: TBrWeb